GamesNoticias

Revisão de Dragon’s Dogma 2 – um ótimo RPG, só não disponível para PC

Dragon’s Dogma 2 é um jogo que mistura elementos de RPG de ação com uma nostalgia de outro tempo. Enquanto muitos jogos atualmente se assemelham a Elden Ring ou Breath of the Wild, o sequel da Capcom lembra mais a vibe de Neverwinter Nights da minha infância. Dragon’s Dogma 2 é mais uma reimaginação do que uma sequência, representando a visão completa do diretor do jogo em relação ao original de 2012.

A mecânica peculiar do sistema de peões, juntamente com o sistema de vocações, é um destaque do jogo. A possibilidade de trocar de classe facilmente oferece uma personalização extensa de builds, especialmente com a introdução de vocações híbridas. Além disso, as interações entre missões e combate incentivam os jogadores a experimentarem novas abordagens.

O destaque fica para a exploração do mundo aberto, com NPCs que se movem de acordo com sua programação diária e muitas missões secundárias significativas. Embora Dragon’s Dogma 2 tenha algumas limitações de travesia, como a alta densidade de inimigos no mundo aberto, a exploração a pé é incentivada devido a um sistema de viagem rápida restritivo.

No entanto, o jogo apresenta problemas de otimização no PC, com quedas de frames e alguns bugs visuais que podem impactar a experiência do jogador. É importante notar que esses problemas podem ser corrigidos em futuras atualizações do jogo. Em geral, Dragon’s Dogma 2 mantém a essência única da série, com suas peculiaridades e desafios, destacando-se em meio aos padrões comuns dos RPGs de mundo aberto contemporâneos.

Texto Traduzido e adaptado por Duilio Luz

Duilio Luz

Apaixonado por jogos mobile, conhecido no free fire como o rei dos emuladores android. Sempre antenado nos lançamentos do mundo dos games!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *